QUINTA, 14/11/2019, 09:07

Conselho da Caapsml denuncia prefeitura de Londrina no Tribunal de Contas

Lei que previa aportes no fundo previdenciário não está sendo cumprida

O Conselho Administrativo da Caapsml, Caixa de Assistência, Aposentadoria e Pensões dos Servidores Municipais de Londrina, protocolou uma denúncia no Tribunal de Contas contra o prefeito Marcelo Belinati. A alegação é de que o município está deixando de cumprir a lei do plano plurianual, que previa aportes financeiros no fundo previdenciário desde fevereiro de 2018.Além disso, o prefeito não apresentou um plano de amortização para o saldo negativo do fundo.

Para a presidente do Conselho, Rosângela Cebulski,  a condução do chefe do Executivo está fazendo com que a solução seja adiada, agravando o problema.


Os vereadores deveriam discutir na sessão desta terça-feira o projeto encaminhado pela prefeitura que exclui do orçamento o aporte no valor de R$ 77 milhões no fundo previdenciário. Mas o líder do prefeito, Jairo Tamura, solicitou retirada de pauta por uma sessão.

O secretario-geral do Sindicato dos Servidores, Fábio Molin, apontou falta de vontade do município para resolver a situação. O temor é de que a Lei Orçamentária Anual, que precisa ser aprovada até 31 de dezembro, não seja discutida da forma ideal.

Por Marco Feltrin

Comentários