QUINTA, 17/12/2020, 08:46

Em sessão extraordinária, vereadores aprovam autorização para venda de mercados municipais

Shangri-la ficou de fora da lista após a apresentação de uma ememnda por parte da prefeitura.

Nem só sobre a Caapsml votaram os vereadores durante a primeira das três sessões extraordinárias marcadas na Câmara de Londrina. Outros projetos enviados de forma emergencial pelo prefeito foram votados durante esta quarta-feira, entre eles o que autoriza a Cohab a vender os imóveis dos mercados municipais Guanabara, Kennedy, São Luiz e Shangri-la. A justificativa do município é levantar recursos para a construção de moradias para pessoas de baixa renda em outras regiões da cidade, o que já estaria inclusive vinculado na lei.

Foi aprovada por unanimidade a emenda que retira o Mercado Shangri-la, o mais tradicional deles, da lista de imóveis a serem colocados à venda.

Outro projeto aprovado na sessão extraordinária altera o orçamento do município para destinar R$ 2 milhões para o serviço de limpeza de bocas de lobo, realizado pela CMTU desde o ano passado com a contratação de empresas terceirizadas.

Darling Maffato, diretora de Orçamento da Secretaria de Planejamento, explicou como será usado o recurso, que será transferido do fundo de Saneamento Básico para o Fundo de Urbanização.

Ainda na área de orçamento, foi aprovada a destinação de R$ 1,1 milhão à Acesf para construção de capelas mortuárias na zona sul da cidade e nos distritos rurais de Irerê e São Luiz. O vereador Pérciles Deliberador saiu em defesa do investimento.

Ainda há duas sessões extraordinárias agendadas para os dias 21 e 22 de dezembro, segunda e terça-feira da semana que vem, para encerrar a votação dos 11 projetos enviados pelo Executivo.

Por Marco Feltrin

Comentários