QUARTA, 15/09/2021, 18:56

Guardas Municipais investigados por abuso de autoridade são afastados das ruas

Justiça determinou que 11 GMs que participaram de abordagem a festa na zona norte não se aproximem dos denunciantes.

Os 11 Guardas Municipais foram afastados do serviço nas ruas depois de um pedido feito à Justiça pelo Ministério Público. Eles são investigados por abuso de autoridade depois de uma abordagem feita há cerca de dois meses e que terminou em confusão. De acordo com a GM, os agentes teriam ido checar uma denúncia de perturbação do sossego na zona norte.

Segundo a Guarda Municipal, os agentes abordaram algumas pessoas que participavam de uma festa em uma casa. O secretário de Defesa Social e comandante da Guarda Municipal, Pedro Ramos, afirma que a proprietária do imóvel se apresentou como assessora de uma promotora e não teria acatado as ordens dos agentes e ainda teria dado uma carteirada.

De acordo com o secretário, a mulher também teria estimulado as pessoas que participavam da festa a não cumprirem as determinações dos Guardas.

Uma das pessoas denunciou os GMs por abuso de autoridade e a Justiça determinou que eles mantenham distância de até 500 metros dos participantes da festa.

Ramos diz ainda que a dona do imóvel e outro convidado foram levados para delegacia e um homem acabou preso.

O secretário diz que até agora nenhum dos GMs foi convocado para esclarecimentos e afirma que a Guarda Municipal já encaminhou todos os documentos pedidos pelo Ministério Público. Segundo Ramos, a instituição ainda não foi informada oficialmente sobre a medida protetiva.

A Corregedoria-Geral do Município informou que também vai analisar melhor a medida cautelar e a ação para decidir se instaura ou não um procedimento interno contra os agentes citados.

Por Marcos Garrido

Comentários