QUARTA, 14/11/2018, 19:23

IAP autoriza envio de galhos e troncos das árvores recolhidas depois dos temporais para a Central de Tratamento de Resíduos no Distrito de Maravilha

A CTR será um depósito provisório até que a cidade tenha um local próprio para o descarte desses materiais.

A Secretaria Municipal do Ambiente de Londrina conseguiu a liberação do Instituto Ambiental do Paraná – IAP para enviar à Central de Tratamento de Resíduos, no Distrito de Maravilha, os galhos e troncos recolhidos nas ruas após os temporais.

A mudança vai ser necessária depois do incêndio na Fazenda Refúgio, local onde temporariamente estavam sendo armazenados esses materiais.

De acordo com o Secretário do Ambiente, Gilmar Domingues, a autorização é provisória, assim como era na Fazenda Refúgio, já que a cidade deve ter um ambiente próprio para resíduos verdes.

Ainda segundo o Secretário do Ambiente, o município tem um ano para elaborar um espaço específico para armazenamento dos resíduos verdes e de detritos da construção civil.

O incêndio na Fazenda Refúgio ocorreu no último domingo, existe a suspeita de que seja um incêndio criminoso. 

Por Bruno Carraro

Comentários