SEGUNDA, 13/01/2020, 18:53

IAP consegue capturar um macaco prego do Bosque

O animal foi encaminhado para o zoológico de Cascavel.

Na semana passada uma idosa de 71 anos foi atacada por um macaco no Bosque Central de Londrina.

A mulher foi atingida por mordidas no calcanhar. Ela foi hospitalizada e medicada, recebeu alta e foi liberada. Em novembro do ano passado outra mulher foi mordida por macaco no mesmo local.

O macaco atingiu a mulher, tentado tomar a bolsa, querendo alimentos.

No Bosque Central viviam até o último sábado dois macacos pregos.

O Instituto Água e Terra de Londrina (antigo IAP) informou à nossa reportagem por meio de nota que foi realizada a captura somente de um macaco do Bosque Municipal de Londrina no último sábado (11) devido a dificuldade encontrada de atrair o segundo animal. O macaco capturado passou por exames para detecção de doenças, e em seguida foi encaminhado ao Zoológico de Cascavel.

A captura ocorreu de forma natural, com utilização de frutas para atrair o animal. A veterinária do órgão conseguiu pegá-lo do ombro de um senhor que frequenta o local diariamente.

O órgão continuará na tentativa de capturar o segundo macaco. Porém, vale ressaltar que este animal fica mais no alto das árvores e dificilmente desce ao chão.

Por se tratar de um animal pequeno demais, o uso de dardo com tranquilizantes poderia acertar em local vital e também pela altura das árvores essa opção se torna ainda mais difícil.

Por Bruno Carraro

Comentários