QUINTA, 27/02/2020, 18:38

Igreja Católica faz contra proposta para Cohab e estuda pagar parcelado os 7 terrenos cedidos há mais de 30 anos

As áreas públicas inicialmente seriam trocadas por outro terreno na região sul de Londrina, mas a proposta não foi aceita pelo poder público.

A Companhia de Habitação do Município não havia aceitado a proposta inicial da Igreja Católica no processo de regularização de terrenos que são do órgão municipal, mas que, há 30 anos, vêm sendo utilizados pelas igrejas em Londrina.

Nos 7 lotes utilizados pela Igreja Católica, inicialmente representantes da igreja ofereceram em troca uma área própria, localizada na zona sul de Londrina.

Mas depois da análise negativa da Cohab, os representantes da igreja em Londrina fizeram contra proposta e querem pagar pelo terrenos, mas parcelados em até 10 anos, segundo o presidente do Companhia, Luiz Cândido de Oliveira.

Apesar da boa intenção das igrejas, novos projetos imobiliários estão sendo executados pela Cohab para moradias populares sem necessitar do terreno proposto pela igreja católica, na região sul de Londrina.

No total eram 22 lotes, quinze de igrejas evangélicas que já fecharam acordo com a Cohab e o município pretende receber até R$ 800 mil com as negociações em 60 parcelas.

Os recursos vão ser revertidos em novos projetos de moradias.

Por Bruno Carraro

Comentários