SEXTA, 03/01/2020, 18:50

IPTU 2020 começa a vencer em 24 de janeiro com reajuste baseado na inflação

Prefeitura teve calote de R$ 76 milhões do imposto em 2019.

A prefeitura de Londrina fechou o ano com R$ 250 milhões em caixa vindos do pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano, o IPTU. O volume é 14,45% acima do registrado no ano anterior. Parte destes recursos chegaram no final do ano, depois da secretaria de Fazenda enviar 54 mil cartas a contribuintes que não haviam feito o pagamento. A expectativa era receber R$ 4 milhões, mas o retorno com as correspondências foi de R$ 12,8 milhões.

Segundo o secretário de Fazenda, João Carlos Barbosa Perez, a inadimplência ficou dentro da média histórica, em 20% do valor lançado.

O carnê com a cobrança do imposto relativo a 2020 começa a ser enviado aos contribuintes na próxima semana, com vencimento nos dias 24 de janeiro e 12 de fevereiro. Quem efetuou pagamento à vista em anos anteriores terá direito ao desconto progressivo. Já o parcelamento pode ser feito em até 11 vezes.

O imposto será reajustado em 2,67%, acompanhando a inflação. Porém, haverá uma pequena redução no valor da taxa de coleta de lixo, que custou R$ 39 milhões ao município e será reatado entre os contribuintes.

E para quem pensa em deixar o pagamento para depois à espera de uma nova edição do Profis, programa de regularização fiscal, pode esquecer. Por 2020 ser um ano eleitoral, a prática é proibida por lei.

Por Marco Feltrin

Comentários