QUINTA, 26/11/2020, 19:03

Londrina tem segundo dia consecutivo sem registro de mortes pela Covid-19

Números da média móvel e de casos ativos da doença seguem altos, mas taxa de ocupação das UTIs se mantém no mesmo patamar há três dias.

Depois de cinco mortes na segunda e na terça-feira, Londrina teve segundo dia consecutivo sem novos registros e continua com 349 óbitos pela Covid-19 desde o início da pandemia.  O novo boletim da doença, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde no início da noite desta quinta-feira, trouxe ainda uma redução significativa do número de novos casos, 137. Um dia antes, a Prefeitura tinha confirmado 238 diagnósticos positivos.  Com isso, a cidade totaliza agora 14.699 casos confirmados da doença.

A média móvel dos últimos sete dias, que era de 103 na terça-feira e avançou para 129 no dia seguinte, manteve o mesmo número nesta quinta-feira.

O número de casos ativos, que tinha recuado na terça-feira para 233 pessoas em tratamento da doença e aumentou para 331 na quarta, ficou praticamente estável, com 325 casos ativos. Desse total, 263 pacientes estão em isolamento domiciliar e 62 internados, sendo 31 em leitos de enfermaria e o mesmo número em Unidades de Terapia Intensiva.

O novo boletim da Secretaria Municipal de Saúde registrou ainda 107 casos suspeitos da doença em investigação, um aumento considerável em relação aos 86 do dia anterior.

Em relação à ocupação das UTIs SUS para a Covid-19, a taxa vem há três dias se mantendo em 71%. No caso da ocupação dos leitos de UTI adulto das redes pública e privada, para todos os tipos de doenças, a taxa caiu um pouco e ficou em 66%.

No Paraná, o boletim diário da Sesa registrou 2.346 novas confirmações e 64 mortes pela Covid-19. A Secretaria também divulgou 2.058 casos confirmados retroativos de 5 de abril a 24 de novembro que estavam sob investigação e foram confirmados.

Com o novo balanço, o estado soma 266.639 casos positivos e 5.989 óbitos. Nas 64 mortes registradas no Paraná nesta quinta-feira, eram 30 mulheres e 34 homens, com idades que variavam de 31 a 99 anos.

Por Marcos Garrido

Comentários