SEGUNDA, 17/12/2018, 19:16

Manifestação dos servidores do Detran e de despachantes foi cancelada depois que diretor do órgão assinou suspensão por 30 dias do credenciamento de empresas terceirizadas

Com a regulamentação as empresas iriam substituir o atual sistema de vistorias veiculares, o que encarece os serviços e pode deixar o processo mais burocrático e lento.

Os servidores do Departamento de Trânsito do Paraná e despachantes estavam programando uma manifestação durante a festa de 80 anos do Detran em Curitiba nessa segunda-feira.

A manifestação seria para que o diretor do Detran voltasse atrás na decisão de que empresas terceirizadas fossem credenciadas para vistorias que pudesse alterar o atual sistema.

Segundo o Sindicato dos despachantes o acordo feito com o diretor-geral do Detran-PR, Marcelo Panizzi, foi de suspender por 30 dias o credenciamento de empresas terceirizadas, a categoria deve dialogar com o próximo governo, a fim de evitar que a terceirização de vistorias entre em vigor.

Para o despachante, Leandro Bernardi de Almeida, com a mudança os contribuintes do estado deixariam de pagar R$ 47 na vistoria veicular e passaria a pagar mais de R$ 140.

Ainda de acordo com Bernardi, a terceirização ainda deixa o sistema mais burocrático e lento.

O Detran Paraná apenas se manifestou dizendo que a suspensão foi feita justamente devido a transposição de governo para que o tema seja abordado após esse período.

Por Bruno Carraro

Comentários