TERCA, 27/07/2021, 17:59

Municípios da região de Londrina reforçam ações para pessoas em situação de rua em semana de queda nas temperaturas

Operações oferecem abrigo à população, mas Secretarias de Assistência Social dizem que estão com dificuldades para aumentar adesão aos atendimentos.

Cidades da região norte do estado vão intensificar iniciativas direcionadas à população em situação de rua, que é mais vulnerável às baixas temperaturas, por causa de uma nova onda de frio. Na cidade de Cambé, a previsão é de que a mínima na quinta-feira (29) chegue a apenas 1 grau, de acordo com o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar).

Por conta disso, a Secretaria de Assistência Social e Cidadania vem realizando operações durante a noite desde o mês de julho. As equipes abordam pessoas em situação de rua e informam sobre a previsão de queda nas temperaturas e de noites mais geladas.

De acordo com a secretária Lucilene Diório, a ação tem o apoio do abrigo Padre Manoel Coelho, para onde os atendidos são encaminhados, caso aceitem o acolhimento. Mas ela afirma que o município tem encontrado dificuldades para convencer este público a passar a noite no local.

A pasta também vem distribuindo cobertores. Até o momento, mais de 200 itens foram entregues a cerca de 90 famílias. Esta ação tem sido desenvolvida por meio dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) do município. A secretária orienta a quem ainda precisa do atendimento a procurar uma das unidades.

Em Rolândia, ações vão ser realizadas a partir desta quarta-feira. Cerca de 30 vagas estão disponíveis no abrigo Projeto CEEL. Diego Silva, secretário de Assistência Social no município afirma que em ondas de frio anteriores, a pasta já havia realizado operações de abordagem e acolhimento.

Mas, assim como em Cambé, ele explica que algumas pessoas preferem continuar na rua. Por isso, as equipes também vão distribuir cobertores e agasalhos para garantir que esta população possa se proteger das baixas temperaturas.

Na cidade de Ibiporã as equipes de abordagem seguem fazendo a busca ativa das pessoas em situação de rua, com objetivo de encaminhá-las para abrigos. Nos próximos dias as ações vão ser intensificadas com o apoio da Defesa Civil.

No entanto, todas as vagas de acolhimento já estão preenchidas. De acordo com o Núcleo de Comunicação do município, o espaço está sendo adequado para ampliar a capacidade de atendimento durante os dias mais frios do ano.

Em Cambé e Rolândia, a população que quiser ajudar nas ações, com doações de cobertores e roupas de frio, pode entrar em contato com a Secretaria de Assistência Social do município.

Por Victor Assis

Comentários