SEGUNDA, 28/01/2019, 07:01

Observatório de Gestão Pública de Londrina se manifesta contra mudança na Lei de Acesso à Informação

Para representantes da entidade o decreto do presidente interino prejudica a transparência.

O governo federal, por meio do Presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, mudou as regras da Lei de Acesso à Informação acreditando em menos burocracia. Basicamente a mudança da o poder de mais pessoas decidirem sobre o que são informações sigilosas, o que pode limitar ainda mais o acesso público a documentos.

Antes do decreto, apenas presidente, vice-presidente, ministros de Estado, comandantes das Forças Armadas e chefes de missões diplomáticas ou consulares permanentes no exterior podiam classificar como informações ultrassecretas e secretas alguns dados do Governo Federal. Agora, pessoas ligadas ao governo como assessores e diretores podem restringir o acesso às informações.

De acordo com o presidente do Observatório de Gestão Pública de Londrina, Roger Trigueiros, essa mudança afeta a transparência pública em todas as esferas do governo.

Por Bruno Carraro

Comentários