QUARTA, 09/01/2019, 15:41

Prefeitura prepara licitação pra continuar obras que podem evitar com que BR-369 volte a alagar em Londrina

Novo sistema de tubulação chegou a ser iniciado em 2017, mas precisou ser parado por conta de questões ambientais.

Basta chover um pouco mais forte para a BR-369, em trecho próximo ao viaduto da avenida Winston Churchill, ficar completamente alagada. Foi assim no último sábado, quando uma família, inclusive, precisou ser retirada às pressas de uma caminhonete que ficou presa na enchente. O secretário municipal de Obras, João Verçosa, explica que, pela falta de drenagem, a água fica represada nas canaletas, e sempre acaba transbordando e invadindo a pista quando a chuva vem com mais força.

A solução passa pela construção de um novo sistema de tubulação, que, segundo o secretário, até teve início em 2017, mas precisou ser parado por conta de impedimentos ambientais.

Atualmente, o município tenta retomar as obras. A licitação pra contratação de uma nova empresa está praticamente pronta, e deve ser lançada no mês que vem. As obras, que, para o escoamento da água, vão fazer uma interligação subterrânea entre a rodovia e o Ribeirão Quati, localizado nas proximidades, devem durar seis meses e custar cerca de R$ 800 mil.

Por Guilherme Batista

Comentários

Publicidade