QUARTA, 23/12/2020, 19:04

Profis supera expectativas e finaliza edição 2020 com mais de R$ 70 milhões arrecadados

Modelo online colaborou para o aumento da adesão dos contribuintes.

O Programa de Renegociação Fiscal de Londrina (Profis) encerrou o prazo para adesões, em 2020, na última terça-feira (22). O projeto tem o objetivo de ajudar o contribuinte a renegociar dívidas de impostos, taxas e tributos municipais junto à Prefeitura de Londrina.

Neste ano, a edição do programa ultrapassou a meta prevista em mais de R$ 40 milhões. De acordo com o secretário municipal de Fazenda, João Carlos Barbosa Perez, R$104 milhões foram renegociados. Deste montante, mais de R$ 70 milhões já estão nos cofres prefeitura e o valor deve aumentar.

Segundo o secretário, a implantação do modelo virtual para parte dos atendimentos contribuiu para o crescimento da adesão. A medida foi adotada como forma de prevenção ao novo coronavírus, mas também tem o objetivo de diminuir as filas e agilizar o atendimento. Cerca de 80% dos mais de 50 mil contribuintes que aderiram ao programa, usaram o serviço online. O bom resultado da versão digital motivou a modernização do sistema utilizado para o próximo ano.

Perez ainda explica que o bom desempenho do programa contribuiu para o equilíbrio das contas públicas. De acordo com o secretário, uma projeção do mês de março apontava para uma retração de R$ 100 milhões de reais nas receitas. Mas, uma série de ações fiscais, dentre elas a realização do Profis, conseguiu reduzir esse impacto e garantir estabilidade financeira para o município.

Segundo João Carlos Barbosa Perez, a expectativa é de não realizar uma nova edição do programa em 2021. Ele destaca o resultado positivo da adesão dos contribuintes à renegociação do IPTU e do Imposto Sobre Serviço (ISS). O programa, no entanto, engloba outros débitos tributários, como o Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), além de multas e infrações de órgãos da prefeitura.

Por Victor Assis

Comentários