QUINTA, 04/03/2021, 08:30

Reunião na Câmara discute processo de industrialização de Londrina

Vocação tecnológica foi reforçada, mas há cobrança para melhoria nas condições de atratividade das empresas

A Comissão de Desenvolvimento Econômico e Agronegócio da Câmara de Vereadores de Londrina realizou uma reunião pública remota para discutir o desenvolvimento industrial da cidade. O objetivo era cobrar respostas do poder público em relação à atração de empresas para cidade e geração de empregos no município.

O presidente da Comissão, vereador Ailton Nantes, questionou o presidente da Codel, Bruno Ubiratan, sobre episódios recentes em que empresas deixaram Londrina para se instalar em municípios vizinhos.

Representando a ACIL, Associação Comercial e Industrial de Londrina na reunião, o diretor industrial da entidade, Rogério Chineze, cobrou uma maior rapidez na desburocratização de processos na máquina pública, para que o crescimento econômico da cidade de fato aconteça, além de adequações no Plano Diretor.

Paulo Sendim, fundador do Fórum Desenvolve Londrina, defendeu o estímulo à industrialização na cidade, principalmente empresas voltadas à inovação, com valorização salarial e retorno de impostos para o município.  

O gerente regional do Sebrae Paraná, Fabrício Bianchi, foi outro a defender os investimentos na inovação de setores considerados estratégicos na cidade.

Bruno Ubiratan reforçou a vocação da cidade na área de ciência e tecnologia e prometeu ainda para o primeiro trimestre a entrega da primeira parte da obra do Tecnocentro, na zona leste de Londrina.

Por Marco Feltrin

Comentários