QUARTA, 24/11/2021, 11:57

Asilos de Londrina voltam a permitir visitantes após um ano e oito meses de pandemia

Secretaria de Idoso definiu uma série de protocolos sanitários para atender anseios de familiares e idosos que vivem em instituições

Com avanço da vacinação, com a terceira dose de reforço, que chegou a todos os asilos, a Secretaria Municipal de Idoso decidiu liberar a visitação de familiares nas instituições de Longa Permanência. Em Londrina são 18 asilos particulares e quatro conveniados com a prefeitura. 

Andrea Ramondini, responsável pela pasta, lembra que a volta das visitas já era uma reivindicação antiga dos familiares. Segundo ela, o contato irá ajudar também na saúde física e mental desses idosos que ficaram um ano e oito meses em isolamento bem restritivo. Outra cobrança foi por conta da proximidade do Natal. 

Para esse retorno foi definido um protocolo rigoroso para ser cumprido pelos visitantes e instituições.  A flexibilização tem base em uma nota orientativa do Estado do Paraná. 

 A duração da visita tem que ser no máximo 30 minutos e poderão apenas dois visitantes por família por vez. A ideia é evitar cruzamento de grupos familiares diferentes no mesmo horário.  Os visitantes também terão que estar com a vacinação completa, pelo menos 14 antes da data agendada.  A visita terá que ser, preferencialmente em espaço aberto.

Também não são permitidas visitas crianças menores de 12 anos nos silos de Londrina, por enquanto.  Desde o início da pandemia, 18 idosos que viviam em asilos morreram por conta da Covid-19
 

Por Guilherme Marconi

Comentários