SEXTA, 11/09/2020, 09:40

Câmara aprova Dia do Combate à Homofobia, três anos após projeto ter sido apresentado

Vereador cita avanço ao comparar com proibição de ideologia de gênero, aprovada em 2017, mas derrubada pelo stf

A Câmara de Vereadores de Londrina aprovou um projeto de lei que inclui no calendário oficial do município 17 de maio como Dia de Combate à Homofobia. A proposta foi aprovada por unanimidade pelos 18 vereadores presentes na sessão remota.
Apresentado originalmente em 2017 pelo vereador Guilherme Belinati, o projeto recebeu voto contrário do à época vereador Filipe Barros e só agora voltou para ser analisado em plenário. Belinati defendeu a proposta, que já é lei em cidades como Curitiba e Maringá, como uma bandeira pela vida.

Rony Alves, presidente da Comissão de Direitos Humanos, também saiu em defesa da proposta, lembrando casos de assassinatos de homoafetivos e transexuais.

Amauri Cardoso lembrou de uma lei aprovada há dois anos que proibia o ensino de ideologia de gênero nas escolas municipais de Londrina, mas que acabou sendo derrubada no mês passado após decisão do Supremo Tribunal Federal. 

A proposta foi aprovada em primeira discussão, e após o prazo de sete dias para apresentação de emendas será votada novamente e, só então, ir à sanção do prefeito Marcelo Belinati.

Por Marco Feltrin

Comentários