SEXTA, 12/02/2021, 08:23

Câmara aprova e município tem de volta dois terrenos doados a entidades

Vereadores cobraram apoio à Adevilon, que não comseguiu construir sua sede em um dos locais

Duas leis que cederam imóveis do município a entidades foram revogadas pelos vereadores em Londrina. A primeira delas é de 2018 e repassava uma área de 668 metros quadrados localizada no jardim Piza, zona sul da cidade, para a Associação dos Deficientes Visuais de Londrina e região, a Adevilon.

O líder do prefeito na Câmara, Fernando Madureira, explicou que a própria entidade pediu a devolução do terreno, sob a alegação de não ter condições de construir uma nova sede.
O vereador Ailton Nantes lamentou a situação e cobrou o poder público para que busque uma alternativa para ajudar a entidade.

Lenir de Assis também engrossou o coro de cobranças por apoio à Adevilon

A outra área devolvida ao município tem 6 mil metros quadrados e fica localizada na Gleba Palhano, tendo sido cedida em 1995 para o Sindicato dos Salões de Cabeleireiros e Instiutos de Beleza do Paraná, o Sincap, construir uma sede própria, o que não ocorreu.

A prefeitura de Londrina ainda não se manifestou a respeito dos projetos que possui para as duas áreas devolvidas.

Por Marco Feltrin

Comentários