TERCA, 26/05/2020, 19:40

Com o fechamento temporário do Pronto Socorro do Hospital Evangélico e restrição no atendimento na Santa Casa de Londrina, HU volta a receber pacientes que não são de Coronavírus

As medidas restritivas no HE foram anunciadas nesta terça-feira depois de confirmação de Covid-19 por um paciente que veio de Santo Antônio da Platina.

O Hospital Universitário de Londrina estava, até esta terça-feira, em atendimento exclusivo aos pacientes de Londrina e região com casos de síndromes respiratórias graves já com suspeita de Coronavírus e pacientes com confirmação da doença.

Mas com o fechamento por 72h do Pronto Socorro do Hospital Evangélico e com restrições no atendimento da Santa Casa, o HU volta a receber pacientes no PS.

De acordo com a Superintendente do HU de Londrina, Vivian Feijó, acendeu um sinal de alerta com a reabertura do Pronto Socorro.

Ela pede a colaboração dos hospitais da região no atendimento aos pacientes que precisam de um leito no Pronto Socorro.  Atualmente o hospital tem 30 pacientes que não são Coronavírus e outros 25 com Covid-19.

O Hospital Evangélico de Londrina comunicou, nesta terça-feira que suspendeu temporariamente os atendimentos no Pronto Socorro. A medida preventiva foi adota pelo hospital depois de um paciente ter a confirmação do diagnóstico de Covid-19.

O paciente de 84 anos foi transferido pela central de leitos na última quinta-feira de Santo Antônio da Platina. Ele deu entrada no HE com exame inicial negativo para Coronavírus e diagnóstico de pneumonia em tratamento. A confirmação de Covid-19 por meio de exame foi dada na noite de segunda-feira.

De acordo com o gerente médico do Hospital Evangélico, Rodrigo Bettega, o paciente teve uma queda brusca respiratória e ficou isolado na UTI, mas três equipes tiveram contato com o paciente, todos os funcionários com sintomas iniciais vão fazer o teste para saberem se foram contaminados e a ala do hospital que o paciente passou passa por uma limpeza de desinfecção. Para testes com maior abrangência foi solicitado ao Ministério Público o acesso a testes rápidos.

O HE tem oito pacientes confirmados com Covid-19 e outros quatro aguardam exames.

A Santa Casa de Londrina também está com restrições no atendimento do Pronto Socorro. Em nota o hospital afirma que: “O CET (Centro de Emergência e Trauma) da Santa Casa de Londrina está com atendimento normal desde o dia 18 de maio. Desde então, a capacidade limite do setor foi estipulada em 12 leitos. Essa é uma das medidas para evitar novas superlotações e aumentar a segurança tanto de pacientes quanto de profissionais.”

A medida da Santa Casa se fez necessária por conta do surto de confirmações de Coronavírus e afastamentos de funcionários no hospital. A situação veio á tona no final da semana passada e durante o final de semana, o PS ficou interditado como medição de contenção.

O Sindicato dos profissionais de saúde, Sinsaúde, por meio do advogado, Gervázio Luiz Martin Junior, notificou a prefeitura para tomar medidas para evitar superlotação e novas transmissões nas unidades hospitalares.

A reportagem tentou contato com o secretário de saúde Felippe Machado, mas até o fechamento desta edição, ele não atendeu as nossas ligações.

Por Bruno Carraro

Comentários