QUARTA, 17/04/2019, 19:22

Deputado estadual quer corte de ICMS em um novo plano de incentivo a aviação no Paraná

A medida foi tomada depois de estudo apontar que de 16% em embarques nos últimos quatro anos e aumento de passagens.

Um estudo feito por uma equipe técnica do Deputado Estadual Homero Marchese aponta que o número de decolagens domésticas e internacionais realizadas no Paraná caiu 16% nos últimos quatro anos, entre 2014 e 2018.

Os dados apontam ainda que o número de decolagens em Londrina caiu nos últimos 18 anos. Em 2000 eram 9,6 mil decolagens na cidade em 2018 esse número caiu para 5,1 mil. São 4,1 mil decolagens à menos. Já o número de embarque teve aumento significativo, foi de 199 mil em 2000 para 480 mil em 2018. Em 2014 o aeroporto de Londrina registrou o maior aumento no número de embarques, foram 548 mil.

Diante desses números o Deputado Estadual Homero Marchese, solicitou ao governo do estado um plano de incentivo a aviação no Paraná, com a redução de ICMS na querosene entre outras medidas.

Ainda de acordo com o Deputado o estado não tem sido favorável as operadoras de linhas aéreas. Colocando o Paraná com 72% menos voos nos últimos anos.

Ainda de acordo com Marchese, é possível ver o governo já tomando medidas diante dos pedidos feitos para redução de ICMS e promete acompanhar novos empenhos que favoreçam a movimentação aeroportuária.

Em Londrina nos últimos 18 anos o embarque de cargas dobrou. Em 2000 o volume era de 498 toneladas, em 2018 mais de 861 toneladas.

Por Bruno Carraro

Comentários