QUARTA, 11/05/2022, 16:46

Em um mês, casos ativos de coronavírus disparam mais de 500% em Londrina

Por outro lado, "apenas" seis pessoas perderam a vida para a doença neste mesmo período. Para médico especialista, população precisa continuar em alerta contra a doença.

Os números do coronavírus em Londrina voltaram a disparar nos últimos 30 dias. De acordo com boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na terça-feira (10), a cidade tinha 653 casos ativos da doença. O número é 546% maior se comparado aos 101 casos ativos que o município tinha há exatamente um mês. Os casos diários confirmados da doença também sofreram com uma gigantesca elevação. Enquanto que em 11 de abril foram registrados 24 diagnósticos positivos de Covid-19, na terça-feira foram 314, um aumento de 1.200%. Por outro lado, o número de mortes por coronavírus continua sob controle. Em um mês, "apenas" seis londrinenses perderam a vida para a doença.

Em entrevista à CBN nesta quarta-feira (11), o médico sanitarista Gilberto Martin lembrou que a pandemia não acabou, e que a explosão de novos casos pode ser explicada com o fim de praticamente todas as restrições que tinham sido estabelecidas contra a doença ao longo dos últimos anos. Para o especialista, a população precisa continuar em alerta contra a Covid-19.

O médico também deixou um recado para quem ainda não se vacinou contra a doença, garantindo que a situação poderia estar muito pior se boa parte da população não estivesse imunizada.

Nós também conversamos com a doutora em microbiologia, Aline Stipp, que, assim como o médico sanitarista, destacou que a vacinação foi fundamental para controlar os números e, principalmente, evitar a morte de inúmeras pessoas. Com a nova onda de casos, a especialista pediu para que as pessoas continuem se cuidando, utilizando máscaras caso apresentem sintomas de doenças respiratórias e evitando aglomerações.

Atualmente, tem direito à quarta dose da vacina contra a Covid-19 londrinenses com 60 anos ou mais de idade. A imunização precisa ser agendada no site da prefeitura e está sendo oferecida em nove postos de saúde do município. De acordo com o último boletim divulgado pela prefeitura, cerca de 495 mil pessoas se vacinaram contra o coronavírus em Londrina, sendo 444.309 com duas doses; 271.688 com três; e 29.617 com as quatro doses do imunizante.

Por Guilherme Batista

Comentários