SEGUNDA, 29/11/2021, 19:14

Londrina chega ao quinto dia seguido sem óbitos pela Covid

Números da doença continuam em queda na cidade, foram apenas 39 casos confirmados nesta segunda-feira e a taxa de ocupação das UTIs ficou em 30%.

Com a vacinação avançando, os números da pandemia em Londrina seguem em queda acentuada. Nesta segunda-feira, a cidade chegou ao quinto dia seguido sem registrar óbitos pela Covid. Um alívio, para quem já chegou a ter 19 mortes pela doença em apenas 24 horas, no dia 14 de junho deste ano. Com o novo balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, a cidade segue com 2.314 vidas perdidas para o coronavírus desde março do ano passado.

Com os 39 novos casos, são pouco mais de 88.400 confirmações da doença. Ainda de acordo com o boletim da Prefeitura, 71 londrinenses aguardavam o resultado do exame RT-PCR nesta segunda. Em relação à média móvel, também números em queda, com o indicador, que era de 57,1 na última sexta-feira, chegando a 52,4 nesta segunda.  

Em relação aos casos ativos, também queda acentuada. No boletim municipal desta segunda-feira eles eram apenas 83. Para se ter uma ideia de como a redução é alta, há menos de dois meses, no dia três de outubro, a cidade teve 1.057 casos ativos. Dos 83 pacientes com a doença nesta segunda-feira, 64 estão no isolamento domiciliar e 19 internados, sendo seis deles em enfermaria e 13 em UTIs.

Em relação à ocupação das vagas de terapia intensiva para a Covid, a taxa, que chegou a ser de 26% no domingo, teve uma leve alta e ficou em 30%. Nesta segunda, a cidade tinha 70 leitos de UTI desocupados, de um total de 100.

No caso das vagas de enfermaria, também redução na taxa, com a ocupação que era de 40% na sexta chegando a 30% no novo boletim. Panorama diferente da ocupação nos leitos gerais de UTI adulto, que ficou em 59%.

No Paraná, o balanço da Sesa trouxe mais 641 casos e 13 mortes. Com os novos dados divulgados, o estado soma mais de 1.572.000 confirmações e chegou a 40.563 vidas perdidas para a doença. Nos 13 óbitos registrados pela Secretaria Estadual de Saúde nesta segunda, eram quatro mulheres e nove homens, com idades variando de 23 anos a 86 anos.

Por Marcos Garrido

Comentários