SEGUNDA, 14/10/2019, 07:05

Membrana que auxilia na formação de pele, osso e cartilagem é desenvolvida pela UEL

O trabalho é resultado de uma pesquisa do Departamento de Bioquímica Biotecnologia.

Um projeto de uma pesquisa do Departamento de Bioquímica e Biotecnologia, do Centro de Ciências Exatas da UEL, a Universidade Estadual de Londrina resultou no desenvolvimento de uma membrana capaz de ajudar na formação de pele, osso e cartilagem.

Segundo o professor Cesar Augusto Tischer, do Departamento de Bioquímica e Biotecnologia, o material é produzido a partir do plástico biodegradável,  o suporte que proporciona o crescimento de células.

O projeto de pesquisa tem a participação de professores, alunos de iniciação científica e programas de mestrado e doutorado. O processo de testes em animais, atualmente, é feito com células de rato.

De acordo com o professor, a biocompatibilidade é usada para chegar a muitos produtos.

A proposta da solução, descrita no projeto, é fabricar um produto à base de celulose bacteriana úmida para proteção e regeneração de pele.

Por Bruno Carraro

Comentários