QUINTA, 12/05/2022, 10:50

Mutirão deve agilizar diagnósticos oftalmológicos e cirurgias de catarata

Objetivo Programa Opera Paraná é realizar até 60 mil cirurgias e zerar a demanda que acabou crescendo por conta da pandemia.

O Governo do Paraná lançou na manhã desta quinta-feira, em Ibiporã, um programa para agilizar exames e cirurgias oftalmológicas, a maioria de Catarata. As ações fazem parte do Programa Opera Paraná, que conta com um investimento de R$ 150 milhões e pretende agilizar até 60 mil cirurgias eletivas que ficaram represadas por conta da pandemia da Covid-19. A estratégia pretende acolher os pacientes que estão na fila de espera aguardando pelo procedimento. Já os diagnósticos vão ser feitos em uma carreta que está estacionada na avenida Dom Petro II, centro de Ibiporã.

As cirurgias eletivas foram suspensas em todos os estados do País em 2020 e 2021 como uma estratégia para garantir leitos e medicamentos para os pacientes internados com um quadro grave de síndrome respiratória causado pela Covid-19. Desta forma, somente o Paraná deixou de realizar cerca de 100 mil cirurgias por ano.

O Governador Ratinho Junior falou sobre o programa na cerimônia de entrega de apartamentos do residencial Terra de Santa Cruz, na Zona Norte de Ibiporã. Na ocasião, um convênio com a Associação Santa Casa de Ibiporã/Hospital Cristo Rei foi assinado e garantiu o repasse de R$ 900 mil. Este valor vai ser empenhado na compra de um tomógrafo computadorizado, equipamento que deverá proporcionar mais segurança nos procedimentos e diagnósticos realizados nos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Por Vitor Struck

Comentários