TERCA, 23/03/2021, 19:15

Pedidos de Seguro Desemprego continuam sendo atendidos presencialmente pela Secretaria do Trabalho

Demais serviços oferecidos pela pasta devem ser solicitados pela internet.

Cumprindo o decreto municipal que restringe o atendimento ao público para serviços da prefeitura até o dia 2 de abril, as atividades presenciais da Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Renda, como oferta de vagas de emprego, seguem suspensas.

No entanto, como a habilitação do Seguro Desemprego é considerada um serviço essencial, a pasta segue fazendo atendimentos presenciais com essa finalidade. Para isso, é necessário fazer um agendamento prévio por meio do site da prefeitura. As vagas são disponibilizadas, de segunda à sexta-feira, às 8h da manhã para agendar atendimento para o próximo dia de atividades.

Apesar da continuidade do serviço presencial, Gustavo Santos, Secretário municipal do, Trabalho, Emprego e Renda, destaca que processo para o Seguro Desemprego também pode ser realizado de maneira virtual e orienta a população que tem acesso à internet e aos recursos tecnológicos que dê preferência ao procedimento online.

Para auxiliar a população, a pasta elaborou vídeos e manuais que ensinam a dar entrada no pedido. Mas o secretário alerta ainda que nesta quarta-feira os serviços da pasta estarão suspensos para adequações no espaço e organização de pessoal para os atendimentos. Já na quinta-feira, as atividades retornam à normalidade.

Segundo Santos, nos últimos meses a procura pelos serviços da Secretaria do Trabalho, Emprego e Renda registrou um crescimento. Apenas em março, mais de 500 pedidos de Seguro Desemprego foram solicitados. Ele afirma que a expectativa é que a demanda continue aumentando conforme o avanço da pandemia na cidade.

O secretário destaca ainda que os demais serviços oferecidos pela pasta já estão virtualizados e acessíveis por meio de plataformas online do município. As vagas de emprego disponíveis podem ser acessadas pelo portal da prefeitura, no endereço londrina.pr.gov.br/trabalho.

Por Victor Assis

Comentários