SEGUNDA, 25/03/2019, 06:01

Plaqueta em Braille nos táxis é aprovada pelo sindicato que representa a categoria

Mas a preocupação é com o custo para o taxista e onde serão instaladas.

Um projeto de lei foi apresentado na Câmara de vereadores de Londrina para inserção de placas em Braille nos táxis da cidade. A intenção é trazer informações sobre o motorista, veículo e serviços prestados. Outras cidades já utilizam o modelo, como a capital Curitiba.

Segundo o presidente do Sindicato dos Taxistas de Londrina, Carlos Fernandes de Almeida, a categoria aprova as placas, mas existe uma preocupação com os custos e onde serão instaladas.

Conforme o projeto de lei as placas terão um formato de 7x4 centímetros, com instalação no assento da frente, do lado do passageiro e atrás na porta do passageiro.

O custo de cada placa deve ser de R$ 20.

O projeto de lei já passou pela Comissão de Justiça da Câmara e se for aprovado o licenciamento dos taxistas pela Companhia Municipal de Trânsito Urbanização – CMTU exigirá a placa.

Por Bruno Carraro

Comentários