TERCA, 04/08/2020, 15:35

Policiais Militares demitidos por desvio de moto aprendida durante patrulhamento

Além de excluídos da Corporação, os três PMs ainda vão responder criminalmente por peculato e prevaricação, quando o servidor público é conivente com alguma irregularidade.

Os três policiais militares do 5º Batalhão eram investigados por irregularidades envolvendo a apreensão de uma motocicleta durante um patrulhamento de rotina em 2019. Os PMs teriam desviado o veículo, que não deu entrada em nenhuma unidade da PM, e ainda teriam fraudado o registro da apreensão.

A investigação começou depois que o dono tentou retirar a moto apreendida do pátio, mas ela não foi encontrada. Em nota, o 5º Batalhão da Polícia Militar, informou que, inicialmente, foi instaurado um Inquérito Policial Militar e na sequência um Processo Disciplinar e que os três acusados tiveram direito à ampla defesa e ao contraditório.

Os três PMs foram excluídos por decisão do Comandante Geral da Polícia Militar e vão responder ainda a um processo criminal na auditoria militar estadual por peculato e prevaricação, quando o servidor público é conivente com alguma irregularidade. O julgamento deve ser realizado até o fim desse mês e, se forem condenados pelos dois crimes, os policiais militares podem pegar mais de 10 anos de prisão.

Por Marcos Garrido

Comentários