QUARTA, 03/06/2020, 09:03

Prefeitura atualiza projeto que trata do empréstimo de 30 milhões de reais para a Sercomtel Telecomunicações

Parágrafo garante que o recurso só será usado caso não apareçam interessados no segundo leilão na bolsa de valores

O projeto de lei que pede autorização da Câmara para empréstimo de 30 milhões de reais para reestruturação da Sercomtel Telecomunicações ganhou uma atualização por parte da prefeitura. O substitutivo acrescenta um parágrafo garantindo que o recurso só será utilizado se o segundo leilão da companhia na Bolsa de Valores for declarado deserto ou fracassado, como aconteceu na primeira oportunidade, em março deste ano.

Outra alteração garante também que os 30 milhões são exclusivos para reestruturação administrativa da empresa, não podendo ser investido em outro setor.


O projeto de lei iria à primeira votação em 21 de maio, mas foi retirado pela liderança do prefeito com a ameaça de que não haveria a quantidade de votos necessários para aprovação. O principal questionamento dos opositores à proposta foi o alto volume de investimento em uma empresa que, neste momento, não desperta interesse do mercado nem alternativas viáveis de recuperação.


Com a apresentação do substitutivo, Jairo Tamura pediu a retirada por mais duas sessões para que seja analisado novamente pela Comissão de Justiça.

Depois de aprovado pela Comissão de Justiça, o projeto precisará do voto favorável de pelo menos 10 dos 19 vereadores para ir à segunda discussão e posteriormente à sanção do prefeito Marcelo Belinati.

Por Marco Feltrin

Comentários