QUINTA, 28/06/2018, 17:49

Prefeitura de Londrina tem 400 câmeras de videomonitoramento, desse total apenas 50% estão funcionando

A intenção agora é instalar em 53 pontos críticos os equipamentos de vídeo segurança que também funcionam como alarme, mas faltam recursos para aquisição e instalação.

A prefeitura de Londrina tem 400 câmeras de videomonitoramento, metade desses equipamentos estão sem funcionar.

O monitoramente das quase 200 câmeras fica a critério da Guarda Municipal.

A intenção é que mais de mil câmeras integrem um projeto entre a Guarda e a Polícia Militar.

De acordo com o Secretário de Defesa Social, Evaristo Kuceki, o contingenciamento de despesas da prefeitura desde o início dessa gestão tem impedido que recursos sejam gastos pelo município para a manutenção dessas câmeras.

Mas de acordo com Kuceki, uma licitação deve ser publicada para aquisição de novos equipamentos. São 53 pontos críticos da cidade que necessitam dessa instalação entre esses locais estão cemitérios com problemas recorrentes de roubos, escolas municipais e outros espaços públicos com maior número de ocorrências policiais.

Não tem data prevista ainda para andamento e publicação do edital ainda é necessária a conclusão de um levantamento feito pela prefeitura com os valores para aquisição e instalação. O município ainda não tem os possíveis recursos disponíveis.

O projeto do Centro Integrado das Câmeras da Guarda Municipal com a Polícia Militar ainda está caminhando, mas também sem data para que iniciem os trabalhos.

De acordo com Kuceki, um projeto mais ambicioso prevê mais de 1000 câmeras funcionando, mas esse deve levar anos para colocar em prática. 

A Polícia Militar ainda está em fase de análise dos locais onde estão as câmeras que deverão sincronizar uma rede com a Guarda Municipal.

Por Bruno Carraro

Comentários