SEXTA, 14/05/2021, 09:54

Projeto para instalação de colégio agrícola em Londrina ainda esbarra na escolha da sede

UEL se comprometeu a apoiar com estrutura de pessoal do curso de Agronomia, mas não tem espaço físico para sediar as aulas

A implantação de uma unidade do Colégio Agrícola em Londrina foi discutida na sessão desta quinta-feira da Câmara de Vereadores. As conversas começaram em 2019 e a ideia prosperou graças a uma parceria com a Universidade Estadual de Londrina, que ofereceria apoio de professores por meio do curso de Agronomia. A ideia é que a primeira turma comece já no ano que vem, em um formato que soma o ensino médio mais o ensino técnico em período integral para uma turma de 40 alunos, chegando a 120 estudantes em 2024.

O Paraná conta com 19 colégios agrícolas, e os mais próximos de Londrina são os de Apucarana e Santa Mariana. O presidente do Sindicato Rural, Edson Dornellas, defende a vocação agrícola do município como principal argumento para a instalação da escola técnica.

O grande entrave está no local apto a receber o colégio. A primeira ideia era que fosse instalado junto à sede do Iapar, mas não prosperou. O secretário estadual da Agricultura, Norberto Ortigara, chegou a sugerir um terreno em Ibiporã, mas o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, teria se comprometido a levar o projeto ao governo do estado, agendando inclusive uma reunião na próxima semana na secretaria de Educação. Assim, os distritos rurais de Londrina surgem como opção.

Por Marco Feltrin

Comentários