SEGUNDA, 29/06/2020, 18:29

Pronto Socorro do Hospital Evangélico reabre nesta terça-feira depois de desinfecção geral

Atendimento foi suspenso no domingo após paciente com Covid-19 dar entrada no PS. Gerente médico da unidade diz que protocolos de triagem vão mudar para tentar evitar novos casos semelhantes.

O atendimento no Pronto Socorro foi suspenso no domingo, por 72 horas, após a confirmação de Covid-19 em um idoso de 68 anos encaminhado pelo SAMU. Antes da reabertura, nesta terça-feira pela manhã, todos os pacientes passaram por uma triagem e foram remanejados para setores do próprio Evangélico e para outros hospitais da cidade, a depender do caso. De acordo com o gerente médico do Hospital Evangélico, Rodrigo Bettega, todos os móveis do Pronto Socorro foram retirados e o espaço passou por uma desinfecção completa.

O gerente médico do Evangélico afirma que todos os pacientes e funcionários que tiveram contato a pessoa infectada e que apresentarem sintomas serão testados para a Covid-19

Rodrigo Bettega diz ainda que, no domingo, o PS do Evangélico tinha 29 pacientes. Ele explica que antes da pandemia aproximadamente 25 pessoas eram atendidas diariamente na unidade e diz que o número mais que dobrou com o Hospital Universitário atendendo apenas os casos de Covid-19.

O paciente de 68 anos deu entrada no Hospital Evangélico na manhã de domingo com diagnóstico de pneumonia e insuficiência cardíaca e foi transferido para o HU logo após a confirmação da Covid-19.

O gerente médico do Evangélico diz que, apesar do grande volume de atendimentos, a partir de agora a unidade vai adotar novos protocolos de triagem, mais detalhados, para os casos encaminhados ao Pronto Socorro.

É a segunda vez, desde o início da pandemia, que o Pronto Socorro do Evangélico é fechado pelo mesmo motivo. A primeira foi no final de maio, quando um homem de 84 anos, de Santo Antônio da Platina, transferido pela central de leitos entrou no pronto-socorro com diagnóstico de pneumonia, sepse e embolia pulmonar e a confirmação para Covid-10 só veio alguns dias depois.

Por Marcos Garrido

Comentários