SEGUNDA, 25/10/2021, 18:25

Sem energia, cidades da região Norte ainda enfrentam falta de água

Em Londrina, o distrito da Warta enfrentou problema no fornecimento de água até a tarde desta segunda-feira, quando, de acordo com a Sanepar, o fornecimento foi 100% reestabelecido, assim como em Florestópolis.

Foi uma segunda-feira de muito trabalho para as equipes da Copel e da Sanepar. Sem energia, o abastecimento de água em muitas cidades do estado também ficou comprometido. Aqui na região Norte, os cortes atingiram Primeiro de Maio, Bela Vista do Paraíso, Arapongas e outras cidades. Em Londrina, o distrito da Warta enfrentou problemas até a tarde desta segunda-feira, quando, de acordo com a Sanepar, o fornecimento foi 100% reestabelecido, assim como em Florestópolis.

Em todos estes locais, segundo a empresa, o abastecimento foi prejudicado, parcial ou totalmente e só começou a ser retomado com a volta gradual da energia. Em nota, a Sanepar informou ainda que apesar de todos os esforços das equipes da Copel, algumas unidades de produção e de distribuição de água ainda estavam sem energia na tarde desta segunda-feira. Caso de Primeiro de Maio e dos distritos de Santa Margarida, em Bela Vista do Paraíso; e de Campinho, em Arapongas. Ainda de acordo com a empresa, em Rolândia, a previsão é que a distribuição seja normalizada até a manhã desta terça-feira.

Ainda aqui na região Norte, em Maringá, o distrito de Iguatemi ficou sem energia e um caminhão-pipa ajudou no abastecimento. Um gerador também foi alugado. Mesma situação de Ourizona, próxima à cidade canção, onde a produção também foi suspensa por falta de energia. De acordo com a Sanepar, os outros sistemas de produção e distribuição de água da região de Maringá já operavam normalmente nesta segunda-feira.

Em função da retomada gradual do abastecimento e dos níveis dos reservatórios de algumas cidades, a empresa pede que os consumidores façam uso racional da água e evitem o desperdício.

A orientação da Sanepar em caso de desabastecimento é que o cliente ligue no 0800 200 0115, que funciona 24 horas, para que a empresa possa localizar e resolver o problema o mais rápido possível. Ao ligar, a pessoa deve ter em mãos a conta de água ou o número da matrícula.

Por Marcos Garrido

Comentários