QUINTA, 23/05/2019, 18:21

Servidores do estado querem explicação do governo sobre o não pagamento da data base

As entidades sindicais vão esperar posicionamento de Ratinho Junior até o fim do mês, caso contrário, greve deve ser deflagrada.

Depois de passar pela Assembleia Legislativa do Estado – Alep e de diversas reuniões, o Fórum das Entidades Sindicais do estado espera resposta do reajuste dos servidores por parte do governador Ratinho Junior.

As entidades sindicais vão esperar posicionamento do governador até o fim do mês, caso contrário, greve deve ser deflagrada.

De acordo com a coordenadora do Fórum das Entidades Sindicais, Marlei Fernandes, os servidores estão abertos ao debate para fechar um acordo com o pagamento da data base, porém o governo não apresenta dados que expliquem o motivo de não ter o pagamento.

O presidente da Assuel, Sindicato dos Servidores da Uel, Arnaldo Melo, a categoria estuda greve caso o governo do estado não se posicione sobre o pagamento da data base.

Em nota a assessoria de imprensa do governo do estado diz:

“O Governo do Paraná tem mantido diálogo constante e respeitoso com os representantes sindicais. A comissão permanente criada para debater as demandas do funcionalismo estadual já se reuniu por três vezes e uma nova reunião está marcada para segunda-feira (27), entre representantes sindicais e a Secretaria de Estado da Fazenda, que apresentará os dados consolidados da receita corrente líquida do estado deste primeiro quadrimestre.

Há divergências entre os números do governo e os adotados pelos sindicatos. E o objetivo das reuniões é debater e sanar dúvidas, para nivelar os números e partir para a elaboração de uma proposição adequada, principalmente para o próximo ano, que precisa estar contemplada na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que será votada pela Assembleia legislativa do Estado”.

Por Bruno Carraro

Comentários