SEGUNDA, 24/02/2020, 18:32

Setor industrial registra queda na confiança depois de seis meses em alta

Um dos fatores que podem ter colaborado para redução é o coronavírus, já que a China é um dos principais fornecedores de insumos para o setor.

A Federação da Indústria do Paraná – Fiep divulgou a pesquisa mensal da Confederação Nacional da Indústria - CNI, que avalia a confiança do empresário na economia, referente ao mês de fevereiro.

Depois de seis meses em alta, o Índice de Confiança do Empresário Industrial - ICEI chegou a 68,4 pontos. Praticamente estável, mas com queda 0,5 abaixo do resultado de janeiro, o que encerra um ciclo de crescimento que era mantido desde julho do ano passado.

De acordo com o economista da Fiep, Evânio Felippe, apesar da pequena queda o setor ainda se mantém otimista com a economia do país.

O coronavírus é um dos fatores que pode ter prejudicado a confiança do industrial. A China é um dos principais fornecedores de matéria-prima e insumos para a indústria eletroeletrônica do Brasil e do Paraná.

Segundo Evânio Felippe, outro fator é o indício de queda no ritmo de crescimento da economia. O Produto Interno Bruto - PIB de 2019, que será divulgado em março, poderá ficar abaixo do esperado.

A pesquisa mensal, realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), com empresários do setor no Paraná, revelou que a utilização da capacidade instalada nas empresas paranaenses está em 74%. Entre as grandes companhias, o valor chega a 81%. Sessenta por cento das empresas respondentes afirmaram que têm previsão de aumento de demanda para os próximos seis meses, assim como 64% devem realizar investimentos no mesmo período.

Por Bruno Carraro

Comentários