SEGUNDA, 09/03/2020, 18:40

Sindicato dos despachantes do Paraná tenta barrar projeto de lei na Alep obriga os donos de veículos a arcarem com os custos para a obtenção de um “laudo prévio” para emissão do documento

Para a categoria se aprovada a lei a população vai pagar mais taxas na hora de transferir o carro.

Foi apresentado na Assembleia Legislativa do Paraná – Alep um projeto de lei que obriga os donos de veículos a arcarem com os custos para a obtenção de um “laudo prévio” para emissão do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos - CRLV e para a transferência do veículo. Para isso, teriam que utilizar exclusivamente empresas cadastradas pelo Detran.

Segundo o presidente do Sindicato dos Despachantes do Paraná e da Federação Nacional dos Despachantes, Everton Calamucci, a tentativa da categoria é barrar o projeto na Alep.

Ainda de acordo com Everton, a população vai pagar entre R$ 150 e R$ 200 à mais por um serviço que hoje é feito de graça pelo despachante ou pelo Detran, já incluso nos custos da transferência do veículo.

O projeto de Lei é de autoria do deputado estadual, Matheus Viniccius Ribeiro Petriv, também conhecido como Boca Aberta Junior.

O projeto está tramitando na Comissão de Constituição e Justiça da Casa.

Nossa reportagem tentou contato com o deputado no escritório político em Londrina, e fomos informados que ele estava em Curitiba. Tentamos o celular, mas não conseguimos retorno do deputado até o fechamento desta edição.

Por Bruno Carraro

Comentários