SEGUNDA, 11/03/2019, 18:12

Trabalho em campo de empresa Junior traz resultados sobre os pontos de arborização urbana de Londrina

Com o projeto é possível identificar quais árvores estão comprometidas e quais pontos precisam de rearborização.

O trabalho realizado no final do ano passado por uma empresa Junior englobada na Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR gerou resultados importantes e positivos para a cidade.

Por meio do projeto a prefeitura de Londrina agora tem um mapeamento de 41 mil pontos de árvores em Londrina. São pontos em que há falta de árvores no centro de Londrina e nas principais avenidas, além de pontos em que existem as árvores, quais estão comprometidas e quais devem ser substituídas.

Para o “inventário de arborização urbana” foram investidos R$ 50 mil na contratação dos trabalhos oferecidos pela empresa Junior, recursos esses do Fundo Municipal do Meio Ambiente – FMMA.

De acordo com o gerente de projetos e análise ambiental da Secretaria Municipal do Ambiente – Sema, Thiago Augusto Domingos, o trabalho permite que o município tenha acesso aos espaços urbanos vagos para o plantio de árvores e a qualidade das árvores, englobando se estão comprometidas ou não.

A partir de agora serão feitos os trabalhos dentro da SEMA de acordo com o que o mapeamento oferece de informações.

Ainda de acordo com Thiago Augusto, o mapeamento não contempla os fundos de vale, mas com esses dados é possível dar continuidade ao trabalho de rearborização do município e otimizar a qualidade do controle técnico e gestão dos serviços ambientais.

O projeto faz parte de um dos 12 nichos que o Programa Municipal de Incentivo ao Verde – Proverde tem que estudar na cidade.

Por Bruno Carraro

Comentários