QUINTA, 14/05/2020, 09:25

Vereador retoma projeto que pretende acabar com a cobrança da tarifa mínima da Sanepar

Proposta semelhante já havia sido arquivada pela câmara no ano passado.

A queda de braço entre a Sanepar e a Câmara de Vereadores ganhou mais um capítulo. O vereador Roberto Fu protocolou um novo projeto para tentar acabar com a cobrança da tarifa mínima da companhia responsável pelo abastecimento de água em Londrina.

A ideia agora é acrescentar um artigo à lei de 2016, que renovou o contrato entre Sanepar e prefeitura por mais 30 anos, reforçando que a empresa só poderá cobrar pelo voluma de água consumido. Além disso, a Sanepar ficaria proibida de cobrar pelo tratamento de esgoto caso a taxa ultrapasse 40% do valor da tarifa de água.
A proposta ainda prevê multa diária de 10 mil reais caso a Sanepar descumpra estas regras.

No ano passado, a Câmara já havia arquivado um projeto semelhante, também do vereador Roberto Fu, depois que a comissão de justiça deu parecer contrário à proposta. Fu ainda recorreu, mas teria feito o pedido fora do prazo, por isso o projeto acabou engavetado.
Durante a última sessão, Fu voltou a criticar a Sanepar pelos valores cobrados.

 

O projeto foi protocolado na última segunda-feira e ainda deverá passar por análise das comissões para saber se será levado à votação em plenário.

Por Marco Feltrin

Comentários