QUARTA, 19/05/2021, 08:00

Faixa de pedestre pintada para lembrar Dia Internacional de Combate à Homofobia repercute na Câmara

Enquanto vereadora classifica como ato de vandalismo, vereador diz que reação contrária demonstra intolerância

Uma intervenção artística para lembrar o Dia Internacional de Combate à Homofobia, celebrado em 17 de maio, pintou com as cores da bandeira LGBT a faixa de pedestres da rua Benjamin Constant, entre a Praça Rocha Pombo e o Museu Histórico de Londrina

A iniciativa repercutiu na sessão desta terça-feira da Câmara de Vereadores. A vereadora Jessicão criticou a pintura, classificando como um ato de vandalismo e em desacordo com o que prevê o Conselho Nacional de Trânsito. Além disso, ela reforça que a intervenção não foi autorizada pela CMTU.

Já o vereador Matheus Thum saiu em defesa a manifestação para lembrar a data de combate ao preconceito contra os homossexuais, dizendo que a reação contrária à intervenção é mais uma demonstração de intolerância.

Lembrando que tramita na Câmara de Vereadores um projeto de lei do Executivo para criação do Conselho Municipal dos Direitos LGBT, um órgão de caráter consultivo vinculado ao gabinete do prefeito, com objetivo de desenvolver políticas públicas para a classe.

Por Marco Feltrin

Comentários