SEGUNDA, 27/08/2018, 06:20

Faltando menos de dois meses para as eleições, insegurança política do País faz o dólar se elevar e o real desvalorizar cada vez mais

Agentes econômicos esperam resultado nas urnas para agirem e movimentarem a moeda nacional. 

O primeiro semestre desse ano, no mês de maio, os brasileiros sofreram com a alta de quase 13% do dólar, no acumulado do ano, o que ajudou a elevar a inflação. Na época o dólar chegou a R$ 3,61, o maior valor dos últimos dois anos.

Mas na última semana o dólar novamente se elevou drasticamente chegando a R$ 4,16.

De acordo com o economista Renato Pianowski, o fato de ter candidatos novos a Presidência da República pode ajudar na desvalorização do real com agentes econômicos receosos em movimentarem a moeda nacional.

Para a o dólar cair é preciso segurança política e propostas sólidas dos candidatos à Presidência.

Apesar do aumento expressivo o dólar apresentou queda na sexta-feira e fechou a semana a R$ 4,11.

Por Bruno Carraro

Comentários