SEGUNDA, 06/04/2020, 19:31

Londrina registra 55 casos de Coronavírus e uma morte

Já o Paraná contabiliza 466 casos e 14 mortes.

A Secretaria Municipal de Saúde registrou em Londrina 55 casos confirmados de Coronavírus na cidade.

De acordo com os dados divulgados no início da noite desta segunda-feira, são quatro casos a mais do que no último boletim.

Desses pacientes 31 estão isolados em casa, 12 internados, um paciente está na UTI e 11 estão curados do Coronavírus.

A cidade registra uma morte pela doença e 416 casos descartados.  57 pacientes estão internados com Síndrome Respiratória Aguda Grave em investigação para Coronavírus são: 43 adultos em enfermaria; 12 em UTI, sendo 8 com ventilação mecânica e duas crianças internadas, uma na enfermaria e uma na UTI.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou o boletim do Coronavírus com a confirmação de 21 novos casos e quatro mortes nesta segunda-feira.

Uma paciente de 56 anos estava internada desde o dia 29 de março e foi confirmada com a Covid-19 no último dia 31.

Um homem de 94 anos estava hospitalizado desde o dia 1º de abril, com confirmação para a doença no sábado.

Uma mulher de 87 anos teve a confirmação ainda este final de semana e estava internada desde o dia 30 de março.

Os três são moradores de Curitiba e morreram na madrugada desta segunda-feira. O outro paciente que morreu, trata-se de uma mulher de 78 anos residente no município de Primeiro de Maio, que estava internada em Londrina desde sexta-feira, morreu no domingo.

Todos possuíam comorbidades.

Os novos casos são 12 homens e nove mulheres com idades entre 22 e 88 anos.

De acordo com os dados da Secretaria Estadual, o panorama da doença no Paraná soma agora 466 casos confirmados, 4.867 descartados e 156 em investigação.

95 pacientes estão internados, 60 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 35 em leitos clínicos. Dentre as confirmações, o Estado já registrou 14 mortes pela doença são três mortes em Curitiba e outras três em Campo Mourão; duas em Maringá; e uma em cada uma das seguintes cidades: Cascavel, Cianorte, Santa Fé, Londrina, Quatiguá e Primeiro de Maio.

Os números da Secretaria de saúde de Londrina e da Secretaria de estado da Saúde divergem. A justificativa é que a prefeitura tem notificações dos hospitais particulares antes mesmo do estado.

Por Bruno Carraro

Comentários