TERCA, 21/01/2020, 19:39

Londrina tem quase 20% dos eleitores com títulos cancelados

Prazo para regularizar a situação vai até maio, mas TRE orienta que em ano de eleição quem não quiser passar sufoco deve resolver a situação agora.

Pouco mais de 373 mil londrinenses estão aptos a votar em outubro, mas quase 20% do total de eleitores da cidade, aproximadamente 67 mil pessoas, estão com os títulos cancelados. E eles são basicamente por dois motivos, não ter votado em três turnos das últimas eleições e a falta ao recadastramento biométrico, responsável pela maior parte dos casos. Entre as quatro zonas eleitorais, destaque para a 41ª, que tem a maior quantidade de títulos cancelados, quase 22 mil. Outros 4.200 títulos foram suspensos por que o eleitor foi condenado por algum crime.

O coordenador da Central de Atendimento do TRE em Londrina, Willian Garcia, explica que o prazo para regularizar a situação junto à Justiça Eleitoral vai até maio, mas como é ano de eleição, o melhor mesmo é resolver a situação o quanto antes, para evitar as filas, que costumam crescer já partir de abril.

Para regularizar a situação, o eleitor precisa pagar uma multa de R$ 3,51 por turno não votado e a emissão do boleto pode ser feita pela internet. É preciso agendar o atendimento pelo site do TRE no endereço www.tre-pr.jus.br. O horário de atendimento no Fórum Eleitoral de Londrina é de segunda a sexta-feira do meio dia às 19h.

E para quem tem interesse em ser um dos 4.600 mesários de Londrina nas eleições de outubro, a Justiça Eleitoral está convocando voluntários. Willian Garcia explica que, historicamente, eles representam 80% dos que trabalham nas eleições. O restante acaba sendo convocado pelo TRE.

Segundo a Justiça Eleitoral, outras mil pessoas devem ser convocadas para trabalhar como auxiliares.

Por Marcos Garrido

Comentários