QUINTA, 24/06/2021, 19:32

Programa de Inclusão Produtiva amplia atendimento em Londrina e promove desenvolvimento de população em vulnerabilidade

Atividades possibilitam que integrantes alcancem independência por meio da venda de itens produzidos pelo projeto.

A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) e Cáritas Arquidiocesana de Londrina e busca oferecer novas oportunidades para populações em vulnerabilidade social, como também refugiados, migrantes e pessoas em situação de rua. O último grupo passou a ser contemplado pelo projeto recentemente, com a publicação de um novo edital. Atualmente, 127 pessoas fazem parte das atividades.

Com investimento de R$ 500 mil do município, as ações de inclusão produtiva são executadas em diferentes áreas de atuação. Alimentação, costura, artesanato e prestação de serviço, são alguns dos segmentos explorados pelos empreendimentos.

A gerente-geral da Cáritas em Londrina, Deusa Favero, considera que a iniciativa é uma ferramenta importante para a reinserção destas pessoas na sociedade. Ela afirma que o busca dar mais independência aos participantes por meio da geração de renda.

Ela conta que alguns dos empreendimentos iniciados por meio da iniciativa já começam a dar os primeiros passos, como é o caso de um grupo de venezuelanos que desenvolvem identidades visuais. Outros trabalhadores que fazem parte da Inclusão Produtiva partiram para a área da panificação.

A gerente da Cáritas explica que a população pode ajudar prestigiando o trabalho dos envolvidos na iniciativa. Diversos itens produzidos pelos integrantes estão à venda em alguns pontos da cidade, como a Casa Café com Arte.

Os interessados em participar do projeto podem ir até o Centro Público de Economia Solidária, onde as atividades são realizadas. O espaço fica na avenida Rio de Janeiro, esquina com a Juscelino Kubitschek e funciona de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h.

Por Victor Assis

Comentários