QUARTA, 09/10/2019, 19:06

Agricultor que utilizou espaço público para plantação vai fazer acordo e reembolsar o município pelo uso do terreno

Foram três anos de uso que serão calculados baseando nos lucros da colheita.

A Prefeitura de Londrina havia recebido uma denuncia por meio da Câmara de vereadores que um terreno público, na Avenida Saul Elkind, região norte da cidade, estaria sendo utilizado para plantação agrícola de particular.

O terreno fica na futura Cidade Industrial de Londrina – Cilon, mas já não há plantações. Apenas sinal de que a colheita foi feita.

De acordo com o Secretário de Gestão Pública, Fábio Cavazotti, o agricultor foi localizado e chamado para uma reunião nesta quarta-feira. Ele compareceu e afirmou que vai ressarcir o município. Foi repassado ao agricultor duas possibilidades um acordo administrativo sem envolver a justiça ou com uma ação para ressarcimento do valor. Ele preferiu a maneira amigável administrativa.

Ainda de acordo com Cavazotti, o próprio agricultor admitiu ter utilizado o espaço por três anos, mas não imaginava que não teria direito sendo que o terreno já havia sido arrendado por ele em outra oportunidade.

A área de quase 46 alqueires era um terreno da Cohab arrendado até 2016. Cerca de R$ 100 mil por ano eram pagos para a exploração da terra.

Os cálculos serão feitos baseados na arrecadação feita pelo produtor que utilizou o espaço sem pagar nada ao município entre os anos de 2016 e 2019.

A expectativa é que os cálculos sejam concluídos até o fim da próxima semana.

Por Bruno Carraro

Comentários

Publicidade