QUARTA, 20/05/2020, 08:36

Câmara restringe concessão de diplomas de reconhecimento público para cortar gastos

Presidente nega banalização da honraria.

A mesa diretora da Câmara de Vereadores quer alterar o regimento interno para limitar as homenagens por meio de diploma de reconhecimento público. A honraria é destinada a pessoas ou empresas que se destacaram representado Londrina ou trazendo desenvolvimento para a cidade.

Hoje, cada vereador tem direito a fazer até três homenagens por ano, o que poderia resultar em quase 60 homenagens no período. Com a mudança, será permitida a concessão de apenas um diploma por ano para cada parlamentar.

Outra alteração é na data da realização das cerimônias, que passarão a ser feitas na abertura das sessões. O objetivo, segundo o presidente Ailton Nantes, é reduzir gastos administrativos com as sessões solenes.

Questionado se o alto número de diplomas de reconhecimento público concedidos por vereadores banalizaria a honaria, Nantes discordou, apontando que existem critérios para escolha dos nomes.


Segundo a assessoria do Legislativo, em 2019 foram aprovados 17 pedidos de reconhecimento público, sendo que dez deles ainda não foram entregues.

 

Por Marco Feltrin

Comentários