QUINTA, 12/09/2019, 19:43

Governo Federal suspende recursos para o programa Mais Alfabetização

As redes municipal e estadual contratavam professores extras para auxiliar em sala de aula nas atividades do programa, uma espécie de reforço. 

O programa Mais Alfabetização, do governo federal foi suspenso por tempo indeterminado.

Instituído pelo Ministério da Educação o objetivo seria fortalecer e apoiar técnica e financeiramente as unidades escolares no processo de alfabetização de estudantes.

O apoio técnico é realizado por meio da seleção de um assistente de alfabetização, a cargo das secretarias de educação, por um período de cinco ou dez horas semanais, para cada turma.

O assistente auxilia o trabalho do professor alfabetizador.

Em Londrina pela rede municipal de educação, de acordo com a responsável pela pasta, Maria Tereza Paschoal de Moraes, apesar do corte não haverá prejuízos nas disciplinas e atividades desempenhadas em sala de aula.

A rede estadual de educação também contava com o reforço pelo programa Mais Alfabetização e teve as atividades suspensas.

A chefia do Núcleo Regional de Educação preferiu não comentar o corte por se tratar de atividades que eram administradas pelo governo federal.

Por Bruno Carraro

Comentários