QUINTA, 12/03/2020, 18:54

Licitação de equipamentos da prefeitura de Rolândia vai parar na delegacia

Representante de empresa de Londrina teria oferecido dinheiro a concorrente de Rolândia para que desistisse do certame.

Uma licitação da prefeitura de Rolândia para a compra de equipamentos eletrônicos foi parar na delegacia da cidade. O motivo foi uma suposta oferta de dinheiro pelo representante de uma das participantes do certame, para que uma das concorrentes desistisse do processo. Três empresas participavam da licitação, uma de Rolândia e duas aqui de Londrina.

O diretor de Tributação da Prefeitura de Rolândia, que era o presidente do pregão, Maurílio Puliquesi, foi quem chamou a Polícia Militar. Ele diz que a licitação era realizada normalmente e que, em determinado momento, o representante da empresa de Rolândia se levantou, pediu a palavra e fez a denúncia de oferta de dinheiro, R$ 7 mil.

O diretor de Tributação diz que a PM levou os representantes das três empresas que participaram da licitação, além dele, para a delegacia da cidade.

Funcionário público há mais de 20 anos, Maurílio Puliquesi, diz que já foi ouvido pela Polícia Civil e que não poderia ter agido de outra forma. O diretor diz que o representante da empresa de Rolândia confirmou a oferta de dinheiro para a delegada e disse que teria inclusive gravado a situação.

A licitação para a compra de equipamentos eletrônicos, que tinha valor máximo de R$ 760 mil, foi suspensa pela Prefeitura de Rolândia.

Por Marcos Garrido

Comentários