QUINTA, 14/01/2021, 19:23

Novo superintendente da CAAPSML diz que gestão vai ser de transparência e que ideia é manter plano de saúde

Em entrevista à CBN Londrina, Luiz Nicácio afirmou ainda que principal desafio à frente da Caixa de Assistência e Pensões dos Servidores será a busca do equilíbrio atuarial do fundo previdenciário.

Servidor de carreira do Município de Londrina desde 2006, Luiz Nicácio tem 52 anos e começou na administração local como contador na Secretaria de Fazenda, foi também titular da pasta, além de gerente de Contabilidade e Controlador-Geral. Bacharel em Ciências Contábeis, tem especialização em Controladoria e Gerência Financeira, Gestão Municipal e Contabilidade Pública.

O novo superintendente da Caixa de Assistência e Pensões dos Servidores Municipais de Londrina (CAAPSML), já assumiu o cargo e com um discurso de transparência e conciliação com o SINDSERV, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais.

Luiz Nicácio, que foi prefeito de Centenário do Sul entre 2017 e 2020, diz que o déficit atuarial da CAAPSML projetado para as próximas décadas é da ordem de R$ 1,5 bilhão, e que parte da solução para esse desequilíbrio já veio na primeira parte da reforma, com o aumento das alíquotas do Município e dos servidores.  

Mesmo assim, ele considera a busca do equilíbrio atuarial do fundo previdenciário do município como o principal desafio de sua gestão à frente da CAAPSML.

Em relação ao Plano de Saúde dos Servidores Municipais, que teve o subsídio de 4% retirado na reforma do ano passado, Nicácio diz que uma solução deve sair junto com a nova etapa da reforma previdenciária, que será enviada à Câmara em 30 ou 40 dias, mas já adianta que a ideia é manter o plano de saúde.

O plano de saúde da CAAPSML é oferecido aos servidores municipais da ativa, aos aposentados ou pensionistas, além de seus dependentes diretos ou indiretos.

Por Marcos Garrido

Comentários