SEXTA, 03/04/2020, 16:18

Paraná tem 50 novos casos confirmados

As confirmações estão distribuídas em 20 municípios do Estado, com 3 novos casos em Londrina. 

O Paraná soma 307 casos confirmados e destes, quatro mortes e seis são pacientes que não residem no Estado, mas que estão sendo tratados aqui. Até o momento são 4.182 casos descartados e 411 em investigação. Estão internados 57 pacientes, 36 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 21 em leitos clínicos.
Os pacientes são 26 mulheres e 24 homens com idades entre 26 e 73 anos residentes em Curitiba (16), Foz do Iguaçu (10), Medianeira (2), Maringá (2), Cascavel (2), Londrina (3), Sarandi (1), Araucária (1), Campo Magro (1), Colombo (1), Araruna (1), Paranaguá (1), Pinhais (1), União da Vitória (1), Campina Grande do Sul (1), Campo Mourão (1), Telêmaco Borba (1), Cambé (1), São José dos Pinhais (2), e Piraquara (1).
Um paciente confirmado em Curitiba foi excluído por duplicidade de notificação.
CASOS CONFIRMADOS – A Sesa já registrou casos em 56 dos 399 municípios do Paraná. São eles: Matinhos (1), Paranaguá (2), Almirante Tamandaré (3), Araucária (2), Campina Grande do Sul (1), Campo Largo (5), Campo Magro (1), Colombo (1), Contenda (1), Curitiba (114), Fazenda Rio Grande (1), Lapa (1), Mandirituba (1), Pinhais (6), Piraquara (1), Quatro Barras (1), Rio Branco do Sul (1), Rio Negro (1), São José dos Pinhais (6), Castro (1), Palmeira (1), Ponta Grossa (4), Guarapuava (1), União da Vitória (2), Mariópolis (1), Pato Branco (2), Francisco Beltrão (1), Vere (1), Foz do Iguaçu (22), Medianeira (3), Cascavel (15), Araruna (1), Campo Mourão (9), Goioerê (1), Iretama (1), Peabiru (1), Terra Boa (1), Umuarama (2), Cianorte (11), São Manoel do Paraná (1), Paranavaí (3), Terra Rica (1), Maringá (15), Sarandi (1), Arapongas (2), Faxinal (1), Cambe (2), Londrina (30), Cornélio Procópio (1), Leópolis (1), Ibaiti (1), Quatiguá (2), Assis Chateaubriand (1), Guaíra (2), Marechal Cândido Rondon (2) e Telêmaco Borba (4).  Além de confirmações em pacientes que residem em São Paulo (4), Brasília (1) e Niterói (1), mas que foram diagnosticados e tratados no Paraná.

Com informações da Secretaria Estadual de Saúde

Por Bruno Carraro

Comentários