QUARTA, 25/04/2018, 19:13

Polícia Rodoviária Federal registra queda de 43% no número de mortes em rodovias federais do Paraná no 1º trimestre de 2018

Foram 159 acidentes com vítimas fatais no mesmo período em 2017 contra 91 nesse ano.

A Polícia Rodoviária Federal – PRF divulgou os dados de acidentes com vítimas fatais em rodovias federais do Paraná.

Os dados são referentes ao 1º trimestre desse ano comparado com o mesmo período de 2017.

Em 2017 foram 159 mortes e nesse ano 91, uma redução de 43%.

Foram mais de 2,2 mil acidentes no estado, número 15,3% menor que as mais de 2,6 mil ocorrências atendidas nos primeiros três meses do ano passado. O número de feridos também caiu 11,9% no período, de 2,2 mil para 2 mil.

De acordo com o representante da PRF no Paraná, Renato Antônio Borges Dias, os trabalhos de fiscalização e medidas mais duras são responsáveis pela redução desses acidentes mais violentos.

A principal causa dos acidentes que resultaram em mortes é a velocidade incompatível com a sinalização da rodovia. Esse número representa mais de 28% das mortes.

Os outros fatores que mais causaram mortes no trânsito entre janeiro e março desse ano são: a  falta de atenção à condução, o que representa 25% das vítimas fatais;  falta de atenção do pedestre 15%; desobediência às normas de trânsito 8,8%; defeito mecânico 8,8%; sono 4% e embriaguez 3,3%.

Para Dias, as boas condições das pistas favorecem à redução de acidentes com mortes.

A maioria das 91 mortes registradas até março deste ano ocorreram sob céu claro, mais de 53%.

Ao longo do primeiro trimestre deste ano, a PRF flagrou no Paraná 863 motoristas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas; 6.100 mil manobras irregulares de ultrapassagem; e 54.031 veículos acima da velocidade máxima permitida.

Por Bruno Carraro

Comentários