QUARTA, 11/09/2019, 11:10

Possível volta de Rony Alves gera dúvidas em quem deixaria a Câmara de Vereadores

Jamil Janene e Tio Douglas são os suplentes da coligação

A notícia da possível volta de Rony Alves ao cargo de vereador na Câmara de Londrina agitou os bastidores da sessão desta terça-feira.

A confirmação do retorno ainda depende de decisões judiciais, como a análise do novo pedido de afastamento por mais 180 dias feito pelo Ministério Público e o julgamento de um habeas corpus marcado para o próximo dia 19 no Tribunal de Justiça.

Enquanto isso, segue a dúvida no Legislativo: quem deixa a cadeira para Rony Alves sentar? Jamil Janene ou Tio Douglas? Ambos são suplentes na coligação entre o PTB e o PP. Com 2.845 votos, Tio Douglas é o primeiro suplente. Jamil Janene, com 2.194, o segundo.

A ida de Fernando Madureira para a Fundação de Esportes deixou a vaga da coligação em aberto. Como Tio Douglas também aceitou o convite do prefeito Marcelo Belinati para ser superintendente da Acesf, Jamil Janene ocupou a cadeira.

Quando a justiça afastou Rony Alves do cargo, Tio Douglas decidiu sair da Acesf e ficar com a vaga. Por este motivo, Janene acredita que, caso Alves retorne, é Douglas quem deve deixar o Legislativo.

O parágrafo quarto do artigo 92 do regimento interno afirma que “o suplente que não atender à convocação ou renunciar expressamente o direito à vaga, não prejudicará seu direito em ocasiões posteriores, salvo se a renúncia a estas também se referir”.

O vereador Tio Douglas esteve ausente da sessão por motivos particulares, mas conversou por telefone e disse que vai aguardar a decisão da justiça para tomar uma posição.

A procuradoria jurídica da Câmara afirmou que não vai se pronunciar oficialmente até ser notificada de uma decisão judicial confirmando o retorno de Rony Alves ao cargo.

Por Marco Feltrin

Comentários