SEGUNDA, 24/04/2017, 19:30

Sercomtel divulga balanço financeiro do ano passado. Prejuízo líquido acumulado da empresa chega a R$ 190 milhões

A soma do prejuízo líquido, com os passivos trabalhistas, dívidas municipais e estaduais, entre outros, passa dos R$ 800 milhões.

O prejuízo acumulado da Sercomtel é de R$ 190 milhões. Só em 2016, o prejuízo líquido da empresa foi de mais de R$ 20 milhões. Desse total, R$ 14 milhões são relativos a ações judiciais, trabalhistas, entre outros. O lucro operacional no ano passado também caiu e gerou outros R$ 6 milhões em perdas. Mesmo com um aumento no faturamento em 2016, de 6,5% a empresa fechou o ano no vermelho. Perguntado sobre uma possível venda da Sercomtel, o prefeito Marcelo Belinati destacou o diferencial da empresa no mercado nacional e a importância dela para Londrina. E negou a realização de um estudo pela atual gestão para a venda da Sercomtel.

A empresa informou ainda que vai tentar negociar com o governo do estado, uma dívida de R$ 59 milhões. Com a prefeitura, a negociação gira em torno de R$ 120 milhões. Belinati disse que esse valor está sendo melhor avaliado.

Para o prefeito, a Sercomtel vai buscar os caminhos para sair da crise e se tornar uma empresa viável.

As ações trabalhistas somam quase R$ 300 milhões. A empresa também acumula uma dívida com o fisco federal de quase 62 milhões. Para reverter esse quadro de desequilíbrio, a empresa pretende reduzir custos e aumentar as receitas em R$ 144 milhões, com algumas ações emergenciais, como o fortalecimento da área jurídica para reavaliar as ações, além do desenvolvimento de novos produtos. Para o presidente da Sercomtel, Luiz Carlos Adati, a empresa passa pela maior crise da sua história. Além do prejuízo acumulado de R$ 190 milhões, a dívida total da empresa chega à cifra de mais de R$ 800 milhões.

Apesar da maior crise da história, nem todos os resultados foram negativos. A empresa cresceu 6,7% na telefonia fixa e 8,5% na banda larga fixa. O melhor saldo da empresa em 2016 foi o da telefonia móvel. Na contramão do resto do país, a base de clientes da empresa cresceu 10%. A queda no país foi de 5,33%. Já a Sercomtel Contact Center teve um desempenho positivo em 2016 e gerou um lucro líquido de quase R$ 800 mil. A Sercomtel Iluminação, em seu segundo ano de operação, também apresentou um lucro líquido de pouco menos de R$ 500 mil.

Por Marcos Garrido

Comentários